Páginas

domingo, 17 de abril de 2016

LEITURA E INTERPRETAÇÃO 9º ANO


                  


Atividade Avaliativa de Língua Portuguesa
1 – Leia o texto:
A VERDADE
A porta da verdade estava aberta, mas só deixava passar meia pessoa de cada vez. Assim não era possível atingir toda a verdade, porque a meia pessoa que entrava só trazia o perfil de meia verdade. E sua segunda metade voltava igualmente com meio perfil. E os dois meios perfis não coincidiam. Arrebentaram a porta. Derrubaram a porta. Chegaram a um lugar luminoso onde a verdade esplendia seus fogos.  Era dividida em duas metades, diferentes uma da outra. Chegou-se a discutir qual a metade mais bela. As duas eram totalmente belas. Mas carecia optar. Cada um optou conforme seu capricho, sua ilusão, sua miopia.

 a) Comente o assunto do texto. ___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

b) Que tipo de linguagem é usada no texto? __________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 c) Analise a frase “Cada um optou conforme seu capricho, sua ilusão, sua miopia.” Referente ao assunto do texto, o que o autor quer dizer com isso? __________________________________________________________________________________________________________________________________________________
d) Qual a sua opinião sobre as meias verdades? __________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 2 – Leia o texto:



 PRECISA-SE DE UM AMIGO
 Não precisa ser homem, basta ser humano, ter sentimentos. Não é preciso que seja de primeira mão, nem imprescindível, que seja de segunda mão. Não é preciso que seja puro, ou todo impuro, mas não deve ser vulgar. Pode já ter sido enganado ( todos os amigos são enganados). Deve sentir pena das pessoas tristes e compreender o imenso vazio dos solitários. Deve gostar de crianças e lastimar aquelas que não puderam nascer. Deve amar o próximo e respeitar a dor que todos levam consigo. Tem que gostar de poesia, dos pássaros, do por do sol e do canto dos ventos. E seu principal objetivo de ser o de ser amigo. Precisa-se de um amigo que faça a vida valer a pena, não porque a vida é bela, mas por já se ter um amigo. Precisa-se de um amigo que nos bata no ombro, sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo. Precisa-se de um amigo para ter-se a consciência de que ainda se vive. Carlos Drummond de Andrade

 No poema de Carlos Drummond de Andrade  há:
a) uma oração coordenada assindética.        __________________________________________________________________________________________________________________________________________________
b) uma oração coordenada sindética adversativa: __________________________________________________________________________________________________________________________________________________
c) Uma oração coordenada sindética aditiva: __________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 3 – Leia esse provérbio oriental:     "Com cinco anos, teu filho é teu ditador; com dez, teu escravo; com quinze, tua própria imagem; e depois, teu amigo ou teu inimigo".                             No provérbio há
 a) (   )  oração coordenada sindética aditiva
b) (   )  oração coordenadas sindética explicativa
c) (   ) oração coordenada sindética  adversativa
 d) (   ) Oração coordenada sindética alternativa.

4 – Associe as orações sindéticas destacadas com o valor semântico que elas apresentam:
 1) alternância 2) conclusão 3) oposição 4) explicação 5) adição
a-  (    ) Rogério adoça goleada, mas tira a cereja.
b - (    ) Senado define nomes e CPI começa hoje.
c – (    ) Quer esteja errado , quer não esteja correto, você não assistirá as aulas.
d – (    ) Estudamos muito, por isso resolvemos facilmente os exercícios.
 e – (    ). Não faça barulho, pois o bebê está dormindo.

5 - Considerando a relação lógica existente entre os dois segmentos dos provérbios abaixo citados, o espaço pontilhado NÃO poderá ser corretamente preenchido pela conjunção mas, apenas em:
a)      Morre o homem, (...) fica a fama.
b)      Reino com novo rei, (...) povo com nova lei.
c)      Por fora bela viola, (...) por dentro pão bolorento.
d)      Amigos, amigos! (...) negócios à parte.
e)      A palavra é de prata, (...) o silêncio é de ouro.

6 - Coloque PS para período simples e PC para período composto:
a) (      ) Eu leio muitos livros e assisto a muitos filmes.
 b) (      ) Não existe nenhum provérbio errado, todos são sábios.
c) (      )  Acredito que viajarei mês que vem.
d) (      ) Não gostei do seu trabalho.
 e) (      )  Me atrasei .


Nenhum comentário:

Postar um comentário