Páginas

domingo, 17 de abril de 2016

POEMA: INTERPRETAÇÃO 9º ANO



Poema dos olhos da amada



Ó minha amada
Que olhos os teus
São cais noturnos
Cheios de adeus
São docas mansas
Trilhando luzes
http://1.bp.blogspot.com/-9LIjK_-AcNI/VLjj9H6AnWI/AAAAAAAALBA/AtGtlYbuc6Q/s1600/frases-musica-amor.jpgg
Que brilham longe
Longe dos breus...

Ó minha amada
Que olhos os teus
Quanto mistério
Nos olhos teus
Quantos saveiros
Quantos navios
Quantos naufrágios
Nos olhos teus...
Ó minha amada
Que olhos os teus
Se Deus houvera
Fizera-os Deus
Pois não os fizera
Quem não soubera
Que há muitas era
Nos olhos teus.

Ah, minha amada
De olhos ateus
Cria a esperança
Nos olhos meus
De verem um dia
O olhar mendigo
Da poesia
Nos olhos teus.
(Vinícius de Moraes.In: Poesia completada e prosa.)



1º) Leia o poema acima e responda:

a) A quem o eu -poético ( pessoa que fala no poema ) se dirige?
_________________________________________________________________________
2) De que maneira o poeta descreve os olhos da pessoa amada na primeira estrofe?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3) Qual é o assunto principal do texto?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
4) Como o autor descreveria os olhos da amada na linguagem comum? (conotativo).
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2º )  Após estudos acerca das conjunções coordenativas, leia as orações abaixo e utilize a conjunção mais adequada para ligar em um só período de acordo com o valor semântico indicado.
1. Correu demais,caiu. 
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2. Dormiu mal,os sonhos não o deixaram em paz. 
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3. A matéria perece, a alma é imortal.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
4. Leu o livro, é capaz de descrever as personagens com detalhes.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
5. Guarde seus pertences, podem servir mais tarde. 
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

3º)  Complete os períodos abaixo, acrescentando uma oração que atenda à ideia expressa nos parênteses. Utilize a conjunção adequada para estabelecer a relação entre as orações:

a) Eu gosto muito de estudar. (Adição, sequência de ações).
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
b)      Todos prometeram ajudar; ( Adversidade, oposição)
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
c)  Vamos embora, ( Explicação)
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
d)  As crianças, entusiasmadas, (Alternância)
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
e)       Analisamos o projeto com muita atenção, ( Conclusão) 
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________




Soneto

Alma minha gentil, que te partiste
Tão cedo desta vida descontente,
Repousa lá no céu eternamente,
E viva eu cá na terra sempre triste.

Se lá no assento etéreo, onde subiste,
Memória desta vida se consente,
Não te esqueças daquele amor ardente
Que já nos olhos meus tão puro viste.

E se vires que pode merecer-te
Alguma cousa a dor que me ficou
Da mágoa sem remédio de perder-te,

Roga a Deus, que teus anos encurtou,
Que tão cedo de cá me leve a ver-te,
Quão cedo de meus olhos te levou.

( In: CAMÕES. Sonetos de Camões: Corpus dos sonetos camonianos. Edição e notas de Cleonice Cerôa da Motta Berardinelli. Lisboa/Paris : Centre Culturel Portugais; Rio de Janeiro : Fundação da Casa de Rui Barbosa, 1980.)

1º) Releia o soneto de Camões e responda:

a)    O sujeito lírico dirige-se à mulher amada, que ele chama de “Alma minha”. O que aconteceu com sua amada? Que expressão da primeira estrofe justifica sua resposta?
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
      
b)    Encontre no soneto uma paradoxo que exprime a distância que separa o amante da amada.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________

c)     Na última estrofe, o sujeito lírico faz um pedido à amada. Explique qual é o seu desejo.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________

d)    Na penúltima estrofe, o sujeito lírico utiliza um argumento para convencer a amada a atender o seu pedido. Explique o argumento.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________


2º )  Após estudos acerca das conjunções coordenativas, leia as orações abaixo e utilize a conjunção mais adequada para ligar em um só período de acordo com o valor semântico indicado.

a) Tentou matar as formigas, não conseguiu.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________

b)      Ele não sabia se trabalhava, se tentava matar as formigas.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________

c)      Ele queria ter uma casa, plantar uma horta.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________

d)      Era chamado de vadio,  trabalhava pouco.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________

e)      Ele trabalhava pouco;  era chamado de vadio
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3º)  Complete os períodos abaixo, acrescentando uma oração que atenda à ideia expressa nos parênteses. Utilize a conjunção adequada, fazendo adaptações quando necessário, para estabelecer a relação entre as orações:

a)   Não só estudou ( Adição, sequência de ideias)
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
b)  O relógio é de ouro. ( Conclusão)
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
c)  Venha logo, ( Explicação)
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 d) Os alunos____ conversam ( alternância)
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________
e) Não havia necessidade ( oposição, adversidade)
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário